Beneficência Póstuma

     Mesmo após sua morte, em 1993, a musa Audrey Hepburn continua a ajudar os hipossuficientes ao redor do mundo.

     O selo acima foi lançado em 2001 pelo governo alemão é objeto raro e superpolêmico. Foi uma edição limitada que virou raridade depois que Sean Ferrer, filho de Audrey Hepburn, comprou o lote e o destruiu, alegando não ter gostado do fato de a mãe aparecer na foto fumando um cigarro. A imagem trata-se de cena do filme Breakfast at Tiffany´s (Bonequinha de Luxo).

     O Serviço Postal Alemão imprimiu 14 milhões de selos comemorativos em 2001 sem obter os direitos da imagem. Quando o filho de Hepburn os destruiu, sobraram apenas 10, que foram leiloados em Berlim por cerca de 430 mil euros (600 mil dólares), em outubro de 2010.

   Dois terços da receita foram para o Fundo dos Filhos de Audrey Hepburn, criado em 1994 pelos filhos da atriz para melhorar a vida de crianças ao redor do mundo. A verba será usada para educar jovens na África Subsaariana, de acordo com o site da instituição filantrópica.

   O terço restante foi para o Unicef da Alemanha. Hepburn foi embaixadora da boa vontade do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) de 1988 até morrer de câncer, em 1993.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s